Molecular Workbench – interatividades científicas

Molecular Workbench é um repositório gratuito de simuladores interativos e lições para Ciências desenvolvido pelo the Concord Consortium. Os simuladores permitem a troca de variáveis para ver o que acontece e possuem o formato de lição permitindo que o aluno faça os exercícios incorporados. São disponibilizados centenas de experimentos de Física, Química, Biologia, Biotecnologia e Nanotecnologia. Muito bem escritos e desenhados, os simuladores explicam os conceitos muito claramente. Os simuladores podem também ser customizados pelo professor para melhor atender as suas necessidades pois possuem código aberto. O educador pode utilizá-lo em sala de aula com telões ou em cursos online e os alunos podem utilizá-los e salvá-los como avaliação.

Enhanced by Zemanta

Physion – crie simuladores de Física interativos

Physion é um software de simulações para a criação de experimentos educacionais e simuladores de Física, de maneira fácil e intuitiva. Physion pode ser usado por professores para criarem simulações para suas classes ou por alunos explorarem conceitos de Física através da criação de projetos que utilizem simulações e experimentos. As ferramentas permitem a criação de objetos físicos, incluindo engrenagens, juntas e barras que obedecem às leis da Física. É fácil e divertido de montar as engenhocas. O software tem que ser baixado. Tem versões Windows, Linux e, a MacOS será lançada em breve. Muito legal oara a criação de laboratórios virtuais e investigações. Consulte o wiki para explorar todas as possibilidades de Physion.

Enhanced by Zemanta

Ubi – paredes interativas usando o Kinect

Ubi pode transformar qualquer superfície em um tela 3D sensível ao toque, transformando a interação humano-computador através de gestos. A tecnologia foi desenvolvida pela starup alemã baseada em Munique Ubi Interactive. O sistema utiliza o sensor do Microsoft Kinect para transformar um projetor comum em um sistema de projeção multitoque. Isso permite que apresentações PowerPoint, páginas da internet e jogos não necessitem mais de cliques ou mouses sem fio para serem navegados. Utilizando o rastreador de movimento e a câmara com percepção de profundidade, Ubi é capaz de detectar se o usuário está apontando, tocando ou passando a mão sobre a superfície, e interpreta esses gestos como se estivessem sendo executados em um touchscreen gigante ou lousa interativa. A resposta é excelente, sem nenhum atraso na resposta aos gestos.

Enhanced by Zemanta

Thinklink – crie imagens interativas e compartilhe

passe o mouse sobre a imagem

Thinklink é uma fantástica ferramenta para criarmos imagens interativas e compartilhá-las na internet. Thinklink é muito fácil de usar. Basta subir uma imagem de seu computador, do Flickr ou de uma url e começar a escolher onde colocar as interações. Ao clicarmos em determinado local da imagem que queremos seja interativo, aparece um quadro de diálogo para fazermos uma descrição e incluir alguma outra mídia, como uma música, um vídeo ou outra imagem. Depois de publicarmos a imagem ganha uma url própria e um código para incorporação e, então, podemos compartilhá-la com os amigos. Com Thinklink Facebook, Tumblr e Tweeter ganham novas formas de interatividade. Veja um exemplo de um infográfico com tags.

Enhanced by Zemanta

Interaction Cubes – tabela periódica diferente

Interaction Cubes é um projeto que foi desenvolvido para o Museu da Vida, da Fundação Oswaldo Cruz. Trata-se de uma “tabela periódica interativa” montada a aprtir de elementos muito comuns como como cubos de acrílico (usados normalmente como porta-retratos), uma webcam, um monitor e um programa de leitura de QR-Code. O interessante do projeto é a possibilidade de interação física do usuário com a tabela, o que possibilita a interação e manipulação dos elementos. Cada cubo representa um elemento onde, em cada face, existem informações sobre aquele elemento através de textos e imagens. Em uma última face existe um QRcode que, quando ativado, reproduz um vídeo sobre fatos quotidianos relacionados ao elemento em questão. O objetivo é o de trazer os elementos para junto dos usuários. Os vídeos são da coleção Periodic Table of Videos da Universidade de Nottingham e são legendados. O projeto foi reproduzido na internet através de um site em Flash. Mas a  experiência com mouse e teclado não se compara com a versão física. O projeto foi o vencedor da IxDA Awards 2012 na categoria escolha popular.

 

 

Pas a Pas – mesa para educação e animação

Pas a Pas é uma mesa interativa educacional que possibilita o aprendizado de crianças através da manipulação de diferentes conjuntos de objetos cotidianos e animações. Pas a pás visa combinar o toque físico com a animação para preencher a lacuna entre conceitos abstratos da Matemática, Fisica e Artes, normalmente representados por gráficos, equações ou palavras, e a nossa realidade. O sistema é composto por uma mesa sensível ao toque, uma câmera e um painel . Existem três modos de atividades programadas. No modo auxiliar a criança é guiada para colocar objetos sobre a mesa e ensina a criar animações do tipo stop motion. No modo diretor a criança cria suas próprias animações e no coleção ela assiste aos filmes produzidos anteriormente e salvos. Pas a Pas foi concebida e desenvolvida por Ishac Bertran no Copenhagen Institute of Interaction Design. Recentemente foi premiada no IxDA Interaction Awards 2012.


Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Desmos – uma educação mais interativa

Desmosé uma plataforma de software para a produção e compartilhamento de conteúdos educacionais ricos. Com Desmos podemos criar conteúdos para quaisquer dispositivos que funcionem em uma sala de aula, ou qualquer outro lugar, como telões interativos, notebooks, tablets e smartphones, tudo rodando no navegador. Desmos é oferecido em duas versões. Uma colaborativa online que aproveita a sincronicidade da internet enquanto a outra é stand alone e pode ser rodada offline. Desmos permite aos usuários alternar rapidamente entre as versões online e offline, permitindo que várias pessoas colaborem para a produção de determinado conteúdo interativo e o publiquem ou incorporem a outro site. Como os conteúdos produzidos são baseados no navegador, permite aos usuários colaborar em tempo real na criação de conteúdos e planos de aula. Muito interessante para as disciplinas de Matemática trabalharem gráficos e Ciências pela interatividade.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Learning Catalytics – gerenciando uma sala interativa

Learning Catalytics é um novo serviço, ainda beta, de Harvard que visa substituir as aulas na forma de palestra nas salas de aula. Learning Catalystic é baseado na experiência do professor de física Eric Mazur, que desenvolveu uma metodologia inovadora que agora está sendo testada em software, para apoiar sua aplicação em sala de aula. Mazur defende que aulas faladas faziam sentido antes da invenção da imprensa. Atualmente existem melhores formas de transmitir grandes quantidades de informação fora da sala de aula e que, a sala de aula deve ser usada para discussões de dúvidas e debates guiados, utilizando a web e dispositivos móveis. Learning Catalystic sistematiza este processo, oferecendo algoritmos e análises para ajudar a melhorar as perguntas feitas pelos instrutores e recursos para atualizar os alunos que deram respostas certas e erradas para as discussões. A interface do aluno é um dispositivo neutro, para que os alunos possam participar utilizando uma variedade de artefatos como laptops, telefones celulares ou tablets. Mazur é o autor do livro Peer Instruction: A User’s Manual.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

TeslaTouch – display tátil para cegos

Carla Flores


TeslaTouch é uma tecnologia que propicia sensação tátil em um painel multitoque. A Tesla Touch desenvolveu aplicações para que inidivíduos cegos possam interpretar e criar informações táteis bidimensionais. Estas aplicações mostram o potencial para suportar a comunicação entre inidivíduos cegos. O usuário percebe o que está tocando.

The Interactive Universe – uma viagem pelo universo

The Interactive Univers

The Interactive Universe é uma multimídia interativa do History Channel que nos faz viajar através do universo. São multimídias muito bem feitas onde podemos explorar, através de imagens interativas, textos, jogos, vídeos e animações, os planetas do sistema solar, nébulas, buracos negros, cometas, estrelas e muito mais. Vale a pena dar uma coferida.

Enhanced by Zemanta

Interactive Guides – o digital versus o impresso

Council on Foreign Relations Interactive Guides

O Council on Foreign Relations oferece uma magnífica coleção de guias interativos para questões globais contemporâneas nas áreas políticas e econômicas. Ao todo são 23 temas muito bem abordados como energia nuclear, a guerra do Iraque, as tensões na península coreana, economia global, mudanças climáticas e outros. Os guias são divididos em capítulos contendo vídeos, gráficos, textos, linhas do tempo e outras interatividades que ajudam a compreender os diversos aspectos de cada questão. É um bom exemplo da gradativa substituição dos livros didáticos impressos por materiais digitais. Dificilmente encontraremos algum material impresso com tanta profundidade os assuntos abordados.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Adobe Rome – autoria multimídia para Educação

Project Adobe Rome

Project Rome da Adobe é uma nova ferramenta de autoria de multimídias educacionais. O serviço estará disponível hospedado ou como aplicativo desktop AIR. Já existe um preview público de ambas as versões para teste. Adobe Rome permite que educadores e alunos criem apresentações multimídia que incluem texto, áudio, vídeo, imagens, animações e interatividade. Seu layout assemelha-se ao InDesign e oferece controle total do design das páginas através de poderosas ferramentas de textos, desenho, animação com linha do tempo e templates. Suporta vídeos do Youtube e compartilha arquivos através de integração com o Moodle ou o Google Apps. Escolas que já utilizam esses dois últimos sistemas estão sendo recrutadas pela Adobe para o desenvolvimento de projetos piloto.

Enhanced by Zemanta

Amazing Interactives – a sala de aula em 3D

Amazing Interactives

Amazing Interactives é uma empresa inglesa especializada em 3D e desenvolveu um sistema educacional 3D interativo chamado Reach Out. O sistema, instalado em mais de 200 estabelecimentos educacionais ingleses, permite a visualização de reações químicas que flutuam na sala de aula, órgãos do corpo humano exercendo suas funções e viagens através de mundos virtuais. Reach Out vem com software para as disciplinas de Matemática, Ciências, História e pacotes sensoriais. Vem também com uma extensa biblioteca de conteúdos educacionais em 3D que auxiliam na retenção do conhecimento por parte do aluno. O sistema permite também a gravação de vídeos HD que, depois de editados, podem ser reproduzidos através do sistema 3D. Outros provedores de materiais educacionais em 3D são a Designmate, Cyber Anatomy, Eon Reality, Neotek, Reallusion e a Unity.

Enhanced by Zemanta

Piazzza – reunião de estudos colaborativa online

Piazzza

Piazzza é um site feito para colegas de classe poderem compartilhar dúvidas e respostas num formato que mistura fórum e wiki. Cada classe, ou professor,  tem seu próprio espaço onde são colocadas as perguntas e respostas. Pode-se marcar as perguntas que se tenha interesse em saber a resposta. Em Piazzza, vários alunos podem contribuir para as respostas em um estilo wiki, mas sem histórico de versões. Os alunos podem também criar seus próprios espaços (hubs) independente de suas classes, para interagirem entre si. Porém, a participação do professor torna o espaço mais interessante, principalmente porque suas respostas são destacadas das dos alunos. O professor também tem a possibilidade de avaliar melhor o que deve ser reforçado em sala de aula analisando quais questões estão mais marcadas. Assista a experiência da Universidade de Stanford usando Piazzza.

Enhanced by Zemanta

Kno – o tablet dos estudantes

Kno

Kno é um tablet que une o conteúdo dos livros com a tecnologia e interatividade de um smartphone. Kno é composto por duas telas touchsreen de 14” que funcionam tanto como um monitor para vídeos e informações e também como suporte para anotações, que podem ser adicionadas, alteradas ou apagadas. A proposta do gadget é a de unir livros, anotações, materiais, desenhos, notas, agenda, pesquisas e links em um só lugar. O sistema é projetado tanto para professores (que podem utilizar o produto como uma ferramenta de ensino) como para os alunos. Os usuários vão ser capazes de acessar os livros em uma variedade de dispositivos – eventualmente até seu desktop e portáteis – pois o software Kno é construído em webkit e projetado para rodar em uma variedade de configurações de hardware.O Kno possui baterias que duram um dia inteiro de estudos na escola ou faculdade.

Enhanced by Zemanta

Scribblar – lousa multiusuário online

Scribblar

Scribblar é uma ferramenta colaborativa que oferece uma lousa interativa online em tempo real para ilimitados usuários remotos. Scribblar permite que professores e alunos interajam em uma mesma superfície podendo ver o que está sendo feito pelo outro, como em uma videoconferência. Pode-se escrever, desenhar, trocar documentos, subir e baixar imagens e até mesmo conversar via chat ou voz. Cria-se uma sala e faz-se convites para seus colegas através de e-mail ou envia-se um link com o endereço da sala. É uma adição de peso à gama de quadros online disponíveis na internet. O serviço é gratuito mas, fazendo-se um upgrade pago, pode-se personlizar com sua logo e obter mais banda.

Enhanced by Zemanta

IDEO – uma visão do livro do futuro

IDEO

Ideo é um importante estudio de design e lançou, recentemente, um vídeo que apresenta sua visão para o futuro dos livros. São experiências e inovações em torno de um novo livro que,  com touch screen e conectado na rede, trará novos valores, usos, compartilhamentos e experiências para os leitores. São mostrados três diferentes visões: Nelson. Coupland e Alice. As soluções para as interfaces são bastante interessantes.

Enhanced by Zemanta

Young Explorers – jogos para viajar no tempo

YoungExplores

Young Explorers é uma nova seção do British Museum para crianças aprenderem sobre História e culturas do mundo. São jogos on line e atividades interessantes para a criançada se divertir. Destaque para o jogo educacional Time Explorer, um novo jogo de aventuras onde os jogadores têm que voltar no tempo e explorar as culturas antigas para salvar objetos preciosos de um desastre iminente. Em Time Explorer, o jogador percorre um ambiente em forma de puzzle isométrico e vai interagindo com figuras da história, coletando objetos e informações. O jogo é inicido no hall principal do museu e os jogadores podem optar por Roma Antiga, o México Asteca ou a China Imperial. Pode-se jogar on line, selecionar personagens, acessar pontuações e rankings. O game é recomendado para a faixa etária dos 9 aos 14 anos.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Conceptua Math – frações usando modelos visuais

ConceptuaMath

ConceptuaMath é uma ferramenta online gratuita para auxiliar no ensino e aprendizado de frações. As atividades foram concebidas para auxiliar os professores através da resolução de problemas e sugestões conceituais de resolução através de modelos interativos. Cada ferramenta é acompanhada de um vídeo de instrução mostrando para o professor como utilizar, vocabulário e alinhamento curricular. O Objetivo é o de construir bases conceituais sólidas sobre o tema. Existe também  soluções pagas do ConceptuaMath que abrangem suporte e avaliações. Confira alguns cases.

Enhanced by Zemanta

Inkling – muito mais que livros interativos para iPad

Inkling

Inkling é uma plataforma para livros didáticos que usa os recursos do iPad para prover funcionalidades que livros impressos jamais poderiam, enriquecendo o aprendizado. São os livros texto do século 21 com uma série de recursos como imagens ricas (como infográficos), vídeos (via streaming), animações, objetos tridimensionais, possibilidade de copiar o texto (limitada, para evitar problemas de direitos autorais) e fazer buscas por palavras-chave, sem falar que notas e destaques podem ser compartilhados entre contatos, ou mantidos privados. Os livros adquiridos podem ser apagados e recuperados posteriormente, na íntegra ou em capítulos, sem perda das anotações. Até agora, epublishing no iPad tem seguido a tendência de fornecer meros arquivos PDF ou PNG, apenas com vídeos e botões de redes sociais como recursos adicionais. A grande sacada do Inkling é o aspecto social. Pode-se fazer perguntas em anotações e compartilhá-la com colegas de classe, tornando o estudo muito mais dinâmico.

Enhanced by Zemanta
PHP Warning: Missing argument 2 for wp_widget() in \\fs-educ\site\corporativo\conexaote.portaluniversitario.com.br\web\wp-includes\widgets.php on line 76