Haier – a TV controlada pelos os olhos

Haier, a maior fabricante chinesa de televisões e outros utensílios domésticos, está demonstrando talvez a única grande inovação na IFA 2012. Uma televisão controlada pelos olhos do usuário. Depois de calibrar os olhos, usando uma unidade de monitoramento ocular feita pela Tobii, o usuário é capaz de controlar um cursor na tela da TV, somente fixando o olhar. Pode-se percorrer um carrossel de programas ou o seletor de volume e, ao piscar fazermos a escolha ou com um duplo piscar abrir ou ativar o conteúdo. Isso vai bem além da TV controlada por gestos. Funciona também na interface gráfica do computador mostrada na tela da TV.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Fluid Interfaces – interação digital radicalmente repensada

Fluid Interfaces é um grupo de pesquisadores do MIT Media Lab que radicalmente repensam a maneira que interagimos com informações e serviços digitais. Porque ainda usamos um mouse e teclado, objetos inventado a mais de 40 anos, para interagirmos com nosso mundo digital? Os pesquisadores procuram transformar essas interações para que tornem-se mais naturais no nosso cotidiano. Trabalham em experimentos que abrangem as áreas de realidade aumentada, objetos responsivos, interações colaborativas e materiais programáveis. Fluid Interfaces desenham e investigam interfaces que possuam uma camada de informação digital que expande o nosso mundo físico e acaba com a ideia de botões para trabalhar com gestos naturais. Os objetos cotidianos e o espaço em nossa volta passam a ser responsivos através de displays e sensores. Isso oferece oportunidades para aprendermos e interagirmos para melhorar nossas vidas. Projetos muito interessantes para quem gosta de inovações na tecnologia.

Enhanced by Zemanta

Infinity-by-nine – a projeção estendida à visão periférica

Infinity-by-nine é um sistema de projeção desenvolvido pelo MIT MediaLab que se estende à visão periférica através de amostras da imagem projetada, em tempo real. O sistema aproveita a sensibilidade reduzida aos detalhes de nossa visão periférica, tornando vídeos comuns em uma experiência muito mais atraente e imersiva. O equipamento analiza frames de imagens em tempo real e projeta uma espécie de imagens borradas destes frames nas paredes laterais e teto da sala de projeção. Sincronizadas com os movimentos da câmera, o efeito é de uma maior imersão na cena projetada. Alguns espectadores disseram até sentir o calor de uma determinada explosão projetada. A equipe que desenvolve o projeto sugere que a tecnologia poderia ser usada em jogos, sistemas de segurança, interfaces de usuários e aplicações educacionais.

Enhanced by Zemanta

ZeroN – nova tecnologia interativa desafia a gravidade

ZeroN é um projeto do Tangible Media Group, que faz parte do MIT Media Lab, e consiste em um sistema capaz de controlar a trajetória de uma bola metálica no ar, fazendo-a, literalmente, levitar. A levitação magnética pode ser controlada por computador ou movida por mãos humanas. Fazem parte do sistema a acoplagem de um sistema de rastreamento e um projetor que fazem a bola mover-ser para qualquer direção ou simplesmente, ficar parada em pleno ar. As aplicações para a tecnologia, ainda um tanto abstratas, podem incluir o desenvolvimento de novos games e modelagem de objetos em 3D.

Enhanced by Zemanta

Touché – tudo vira interface

Colaboração de Alexandre Shima


Touché é uma nova tecnologia para interfaces tácteis desenvolvida pela Disney Research que detecta gestos e o toque em praticamente qualquer superfície, inclusive a água. Touché funciona através da detecção de sinais capacitivos de toda gama de frequências. Os sistemas típicos são capazes de captar apenas um único sinal de frequência. Essa capacidade de reconhecimento permite reconhecer exatamente como nós interagimos com um objeto ou superfície, não se limitando a diferenças de tipos de superfície. Isso pode incluir a incorporação de diferentes tipos comandos conforme é feito o toque, quando utilizados em pinças ou ganchos, por exemplo.

Enhanced by Zemanta

Tobii Gaze – controle o computador com os olhos

Tobii Gaze é uma tecnologia desenvolvida pela empresa especialista em eye-tracking Tobii que permite navegar computadores, notebooks e tablets simplesmente olhando para eles. A interação direta, simplesmente usando os olhos, melhora a experiência, velocidade e a intuitividade no uso de interfaces para computadores. Um sistema para a interface Metro style do Windows 8 já foi testado pela Tobii. O sistema combina o rastreamentop dos olhos com o touchpad. Desta forma combinamos a navegação com os olhos e fazemos ajustes finos usando e ativando outros comandos usando o trackpad. A empresa deposita grandes esperanças na utilização de sua tecnologia pela Microsoft.

Enhanced by Zemanta

Retina Display – se adaptando ao entorno

Patently Apple publicou recentemente em seu blog uma patente para telas móveis que usem sensores embutidos em aparelhos como o iPad e o iPhone para identificar e entender o mundo ao seu redor. Isso significa que a Apple está trabalhando em telas que podem reagir às coisas que estão em seu redor para melhorar dinamicamente a experiência de visualização, o chamado Retina Display. O post sugere que as propriedades físicas e de luz do ambiente do usuário podem ser usadas para que a tela fique mais interessante e visualmente mais chamativa. Desta forma os aparelhos poderiam monitorar fatores como a luz ambiente e também a posição dos olhos do usuário para gerar sombras dinâmicas na tela. Essas sombras poderiam ser usadas tanto para deixar a tela mais límpida como também criar um foco de luz no que o usuário estiver olhando — ou até mesmo adicionar perspectiva às imagens.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Kinect – novo comercial enaltece programadores

O novo comercial do Kinect da Microsoft nos mostra como um simples console de jogos expandiu sua aplicabilidade em outras áreas com um pensamento inovador. O filme mostra coisas inesperadas como, por exemplo, como os desenvolvedores fizeram um sensor detector de movimentos ser aplicado nas artes, ciência, educação e na medicina. Enquanto alguns exemplos possam parecer meio ficção, outros exemplos reais da utilização do Kinect fora dos jogos já foram mostrados na internet.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Displair – interface de gestos no ar

Colaboração de Alexandre Shima

Displair, uma empresa russa de Astrakhan, desenvolveu uma tecnologia capaz de projetar imagens no ar e usar gestos para movê-las. É como usar o Kinect para Xbox só que sem precisar da televisão. Ou então aqueles hologramas produzidos pelo R2D2 de Star Wars, com a vantagem de podermos manipular aquilo que estamos enxergando. O protótipo ainda vai precisar melhorar um pouco para chegar perto sas cenas de Minority Report, onde Tom Cruise folheava fotos exibidas no ar. Só que Displair é real. É utilizado um fluxo de névoa fria para servir de suporte para as projeções e uma câmera de infravermelho para captar os gestos. A tecnologia, inicialmente desenvolvida em um dormitório estudantil, tem delay entre o gesto e a reação de apenas 0,2 segundos, o que é bastante razoável se comparato a 0,1 segundo do Kinect. As projeções podem medir de 40 a 140 polegadas de tela. O reconhecimento de gestos finos das mãos são outro grande destaque do Displair. As aplicações devem ser canalizadas para as empresas de marketing e entretenimento.

Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

HoloDesk – manipulação de objetos virtuais em 3D

Colaboração de Alexandre Shima

HoloDesk é um projeto do grupo Sensors e Devices da Microsoft Research e permite manipular objetos virtuais 3D com as mãos, sem a utilização de luvas ou quaisquer outros equipamentos. Olhando através de um visor transparente, os objetos virtuais reagem quase que instantaneamente, rolando de uma folha de papel real para dentro de uma caneca, por exemplo. Se bloquearmos a fonte virtual de luz, o objeto vai cair na sombra. O laboratório de Cambridge, que desenvolveu a ferramenta, enxerga seu uso em trabalhos remotos, colaboração e prototização de artefatos. Existe um Kinect hackeado no coração da ferramenta. Outros projetos muito interessante da Microsofr Research são o OmniTouch e o PocketTouch. Vale a pena dar uma navegada pelo site da Microsoft Research.


Artigos Relacionados

Enhanced by Zemanta

Nsquared – a computação contínua

Colaboração de Alexandre Shima


Computing Seamless da empresa australiana Nsquared, especializada em soluções para superfícies táteis, celulares e web, é um software que unifica Windows Phone 7, Surface, o tablet Slate e o Kinect. Imagine começar a projetar uma nova casa em seu telefone celular, em seguida colocar sobre o Surface para compartilhar com todos os dispositivos e então, pegar o tablet Slate fazer algumas modificações. Depois podemos fazer caminhamentos no modelo 3D da edificação utilizando a inteface de gestos do Kinect. Alguns softwares como o AirPlay da Apple e o Touch to Share da HP já fazem alguns destes malabarismos tecnológicos mas, a experiência demonstrada no vídeo abaixo é muito mais imersiva ou, simplesmente incrível.

Enhanced by Zemanta

Siine – a interface que te entende

Siine é um aplicativo que torna o teclado do seu smartphone mais amigável, rápido e pessoal. Com a utilização cada vez maior de tablets, touchscreens e dispositivos móveis, faz-se necessário se repensar o teclado. O tradicional método de catar letrinhas parece não ser mais o ideal. Siine é uma interface semântica inteligente que transforma a experiência de digitar em dispositivos móveis uma comunicação rápida, agradável e fluída. Siine é efetivamente o QWERTY 2.0. Mas Siine não passa apenas de mais uma apps que substitui o teclado. É, na real, uma plataforma de comunicação que utiliza inteligência artificial. Além de um tradutor universal, o sistema aprende como você fala e, então, fala por você. Siine está em negociações com operadoras e fabricantes de dispositivos para ajudar a diferenciar e atualizar seus produtos.

Enhanced by Zemanta

Paper Phone – o celular do futuro?

Carla Flores


Pesquisadores canadenses revelaram o PaperPhone, um protótipo de smartphone feito a partir de papel eletrônico (E-Paper). O smartphone, que é totalmente funcional, pode fazer e receber chamadas, mensagens de texto, tocar música e até exibir e-books. Entretanto, o dispositivo vai além, aceitando algumas entradas familiares a partir de toques e ações, despertando diferentes funções de acordo com a forma como é manuseado. Dobrar, entortar ou curvar seus cantos ou lados pode controlar diferentes ações do aparelho.O Dr. Roel Vertegaal, criador do dispositivo, disse que “tudo está caminhando para ter um ‘look and feel’ como este dentro de 5 anos. Este computador parece e funciona como uma pequena folha de papel interativa. Você interage com ele, o dobra em um telefone celular, vira o canto para mudar as páginas, ou escreve nele com uma caneta.”

Enhanced by Zemanta

Tangible Bots – interface com retorno tátil

Carla Flores


Técnicas de interação para interfaces tangíveis que utilizam objetos concretos motorizados denominados “Tangible Bots”. Os “Tangible Bots” podem refletir as mudanças em modelos digitais e ajudar os usuários a obter retorno tátil, corrigindo erros por meio de controle multitoque e permitindo a interação efetiva com múltiplos objetos tangíveis. Os “Tangible Bots” são úteis quando se tem vários objetos concretos controlados simultaneamente. Esben Warming Pedersen and Kasper Hornbæk. Department of Computer Science, University of Copenhagen.

Enhanced by Zemanta

Sifteo – como empilhar interfaces

Sifteo desenvolveu blocos computadorizados manipuláveis que podem sentir uns aos outros. Permite a criação de uma série de atividades, programas e jogos baseados em computador interativos e com uma experiência divertida. Sifteo adicionou a capacidade de processamento dos computadores em blocos com interface, permitindo uma interação física e feedbacks inteligentes. Os blocos contém sensores que detectam sua posição e orientação em relação aos outros blocos. Os blocos percebem quando o usuário os gira, inverte, pressiona-os ou os coloca um próximo ao outro e mostra as modificações na tela. Para usar os cubinhos deve-se instalar o programa Siftrunner num PC ou Mac e plugar um link sem fio na USB. O computador então coordena o software dos blocos e os mantém em sincronia. Já existem uma série do jogos rodando. Alguns, inclusive, com foco educacional bastante interessante, como trabalhar operações aritméticas, compor palavras ou até mesmo, pequenas frases. O mais legal, entretanto, é o Chroma Shuffle que mistura Tétris com Colapse. Existe ainda o apelo tátil do produto, que o torna bastante atraente para crianças e adultos. Para saber mais sobre o produto.

Enhanced by Zemanta

Thoughtboxes – organize seus pensamentos

Thoughtboxes é um gerenciador de tarefas com uma pitada de mapa mental em sua ótima interface de usuário. Em Thoughtboxes pode-se organizar as listas de tarefas em grupos de pensamentos ou “trains”, como são chamados esses grupos. A administração dos grupos é muito simples bastando arrastar e soltar. Essa capacidade de “drag & drop” é bastante útil para organizar tarefas que exijam uma sequência de raciocínio. Os tópicos podem ser compartilhados para brainstorms e trabalhos colaborativos. A ferramenta permite coentários, bate-papo em tempo real e inclusão de imagens e vídeos. Thoughtboxes usa UI jQuery para criar as janelas arrastáveis e os itens de organização e aproveita a funcionalidade Ajax para os feedbacks imediatos.

Enhanced by Zemanta

TeslaTouch – display tátil para cegos

Carla Flores


TeslaTouch é uma tecnologia que propicia sensação tátil em um painel multitoque. A Tesla Touch desenvolveu aplicações para que inidivíduos cegos possam interpretar e criar informações táteis bidimensionais. Estas aplicações mostram o potencial para suportar a comunicação entre inidivíduos cegos. O usuário percebe o que está tocando.

ZeroTouch – dispositivo permite pintura no ar

ZeroTouch é uma invenção dos pesquisadores do Interface Ecology Lab da A&M University no Texas. ZeroTouch transforma qualquer objeto em uma tela sensível ao toque através de uma nova tecnologia de sensoriamento. Essa tecnologia permite aos usuários escrever ou pintar em pleno ar. Funciona com um tipo de campo de força ótico. Um quadro é configurado para irradiar milhares de feixes de luz através dele. Assim, quando uma mão, os dedos ou qualquer parte do corpo, entra no campo de força de fibra óptica – o dispositivo sabe que algo está interferindo com ele. O aparelho opera com 256 sensores infravermelhos e 32 LEDs - e conecta-se a um computador através de uma conexão USB. Os sensores utilizados no aparelho são o mesmo tipo usado em controles remotos de TV. As utilizações são as mais variadas possíveis, desde treinamento de cirurgiões a incrementar a interação entre um usuário e seu smartphone ou computador.

Enhanced by Zemanta

Pearltrees – bookmarks mais interativos

Republicação do post de 04 de fevereiro de 2010.

Pearltrees

Pearltrees é um bookmark com uma maneira diferente de organizar a informação. Além disso, é também um novo conceito de interface, já vislumbrando na internet, a interação multitoque. Pearltrees é uma nova forma de explorar e contextualizar a web. Os usuários criam visualizações no estilo mindmap (árvore) onde as informações são colocadas em “pearls” (pérolas) ou nós de mídia, que possuem ramificações, dependendo de como se deseja organizar as informações. Essas pérolas podem ser expandidas, contraídas, ligadas, agrupadas ou desagrupadas em uma hierarquia não linear. As informações contidas podem ser compartilhadas com outros usuários que gravitam ao seu redor e visualizam suas coleções. A partir daí você pode escolher o seu conteúdo favorito e omitir o ruído. Então pode-se enviar as pérolas, incorporá-las no seu blog ou transmití-las ao Twitter e Facebook. Assista a um vídeo tutorial do Pearltrees.

Reblog this post [with Zemanta]

Frog Dissection – abrindo o sapo no iPad

Frog Dissection

Frog Dissection é um aplicativo educacional para iPad desenvolvido pela ótima produtora de conteúdos digitais Emantras que simula a dissecação de um sapo. Desenvolvido em conjunto com especialistas no assunto, este aplicativo virtual tira o máximo partido das capacidades gráficas e de toque da interface do tablet, proporcionando aos usuários uma dissecação de um sapo bastante realista e, sem aquela sujeira e cheiro de formol. Frog Dissection começa com o passo-a-passo e continua com o processo de dissecação com rotulagem detalhada dos órgãos internos. Escolhe-se os instrumentos a serem usados como pinças, bisturi e segue-se as instruções mostradas na tela ou narradas em áudio. Imagens em 3D dos órgãos internos podem ser manipuladas na tela além de recursos adicionais como textos complementares e testes. Interessante é observar a maneira como os dispositivos móveis touch screen estão sendo usados na educação. Outro exemplo bastante interessante é o 3D4Medical Anatomy Atlas Review.

Enhanced by Zemanta
PHP Warning: Missing argument 2 for wp_widget() in \\fs-educ\site\corporativo\conexaote.portaluniversitario.com.br\web\wp-includes\widgets.php on line 76