Arquivos do Blog

Mixable – combinando ferramenta acadêmica e rede social

Mixable

Com Mixable os estudantes agora podem construir e compartilhar seus ambientes de aprendizado pessoais utilizando ferramentas com as quais eles já estejam familiarizados, como o Facebook. O Mixable funciona como um layer adicional sobreposto ao Facebook e possui integração com o Dropbox. Nele os alunos podem manter contato com amigos que compartilham os mesmos cursos e comunidades acadêmicas, compartilhando arquivos de mídia, fazendo perguntas e colaborando. Essas conexões de classe não são restritas ao semestre e o aluno pode mantê-la durante toda extensão do curso. É um aplicativo web que pode ser usado em computadores e em smartphones. Possui  diversas opções de privacidade e pode ser usado desconectado do Facebook, como stand alone.Mais uma iniciativa da Universidade de Purdue para ampliar o uso de redes sociais na esfera educacional.

Exemplo de tela do Mixable.

Exemplo de tela do Mixable.

Enhanced by Zemanta

MindSnacks – aprendendo línguas no iPhone

MindSnacks

MindSnacks é um aplicativo para o ensino de línguas no iPhone, iTouch e iPAD. Atualmente somente o espanhol está disponível mas, em breve, versãos para francês, italiano e mandarim também estarão disponíveis. MindSnacks conta com seis mini-jogos para aprender vocabulário espanhol leitura e habilidades de conversação. O aplicativo contém mais de 1400 palavras e frases, clipes de áudios com pronúncia nativa e imagens. Possui um algorítimo de aprendizagem baseado em repetições espaçadas que melhoram a memorização do vocabulário e gramática. Com MindSnacks fica fácil, a partir do seu dispositivo móvel,  jogar e aprender outra língua a qualquer hora e onde bem estiver.

Enhanced by Zemanta

Eric Schmidt – haverá vida fora do Google?

Texto de Ethevaldo Siqueira

Eric Schimidt

Este texto é uma síntese jornalística da palestra proferida pelo presidente do Google, Eric Schmidt, um dos keynote speakers da IFA 2010, em Berlim:

Em sua fase inicial, a internet mostrava quanto o computador poderia fazer por todos nós. Hoje penso um pouco diferente, pois o celular – em especial o smartphone – multiplicou por 1 bilhão o poder do computador.
O que aconteceu após essa explosão da telefonia celular no mundo foi tão impressionante que eu passei a considerar a mobilidade em primeiro lugar. Sim, mobility first. A expansão da internet – e, por consequência a expansão do Google – não tem ocorrido por causa dos computadores, mas porque os celulares mais avançados, os smartphones de hoje, já são tão poderosos quanto os verdadeiros computadores. E funcionam como terminais remotos conectados a supercomputadores.
O que chamamos de cloud computing equivale, na prática, a um imenso supercomputador. E, graças aos smarphones, a informação, o vídeo ou a música estão disponíveis para milhões. A informação e o entretenimento estão diante de cada um de nós, ao alcance de nossa mão. A internet móvel dos celulares de hoje é oito vezes mais rápida do que a internet discada dos desktops do ano 2000. A internet não apenas ocupa um mercado maior, mas cresce de forma muito mais rápida.

Artigos Relacionados

Continuar lendo »

LocationLabs – alertas em celulares usando geofencing

LocationLabs

LocationLabs é uma empresa que desenvolve tecnologias georeferenciadas para aplicativos móveis. Uma dessas tecnologias é o geofencing, ou cercamento geográfico. Através dela, aplicativos em telefones celulares recebem alertas quando entram ou saem de determinada área definida por quem emite o sinal. Dessa forma pode-se fazer automaticamente o “check-in” quando adentramos a uma determinada área e fazer a verificação quando saímos. A distribuição de bônus de compras, diretamente no celular ao redor de determinadas lojas, vai tornar a vida do usuário um pesadelo. Para tal, a LocationLabs também desenvolveu aplicativos de bloqueio e privacidade. A tecnologia, se utilizada com  criatividade, pode gerara aplicativos bem interessantes.

Enhanced by Zemanta

Juxio – combine imagens e textos e distribua

Juxio

Juxio é uma nova forma de comunicação que mescla imagens, textos e muito mais em um agrupamento visual, a La Mondrian, chamado Juxes. Os Juxes (justaposição)podem então ser compartilhados em mídias sócias ou dispositivos móveis e impressos. As combinações são bastante flexíveis, permitindo ao usuário diagramar, mudar esquema de cores, incluir e excluir títulos, inserir boxes de textos, como se fossem peças de um quebracabeças. Pode-se também criar slideshows para serem compartilhados em redes sociais. A interface, além de bonita, é extremamente fácil de usar. Uma boa maneira de compartilhar fotos de viagens, fazer relatórios ou divulgar suas idéias através de imagens com textos. Juxio para o iPhone já está disponível na App Store e a versão web está em beta privado mas, um privado bem aberto.

Enhanced by Zemanta

Notable – feedback no browser

Notable

Notable permite, com rapidez e facilidade, fornecer feedbacks de design, conteúdo e código em qualquer aplicativo ou web site, sem sair do navegador. Notable funciona também com iPhone. A equipe pode colaborar em feedbacks visuais através de imagens que podem ser marcadas, comentadas e modificadas. A captura de telas e códigos pode ser feita de diversas maneiras e, depois de disponibilizado, qualquer membro da equipe pode fazer seus comentários de qualquer computadoe ou iPhone. Podem ser definidas permissões ou compartilhar com apenas determinados membros do grupo. Mensagens, e-mails são enviados para solicitações. Uma gestão fácil, visual e colaborativa para os projetos em equipe.

Enhanced by Zemanta

Mobl21 – a mobilidade no aprendizado

Mobl21

Mobl21 é uma plataforma para ambientes extendidos de aprendizado que se utilizam do conceito de mobilidade na educação. Com Mobl21 podemos criar objetos de aprendizagem para complementar os cursos formais como, roteiros de estudo, testes, flash cards, entre outros. Podemos então gerenciar esse conteúdo extra fazendo-o acessível para determinados usuários ou grupos. Esse conteúdo pode ser compartilhado em widgets, redes sociais, iPhone, iPod touch e outros. A plataforma é acessível e fácil de usar, tanto por alunos como por professores. Com características de escalabilidade, pode ser pensada até como solução institucional ou empresarial. A solução foi desenvolvida pela Emantras Inc.

Enhanced by Zemanta

Babbel – reconhecimento de voz no aprendizado de idiomas

Babbel

Babbel é um curso de idiomas online que pode ser acessado de qualquer computador ou dispositivo móvel conectado à internet.  Através de exercícios interativos e multimídias, o aprendizado é bastante divertido. Pode-se escolher um curso para iniciantes, treino de vocabulário, estudo de gramática e frases práticas. Babbel também oferece um aplicativo para treinar o vocabulário, o Babbel Refresh, que pode ser baixado para o computador. Outra ferramenta recentemente integrada ao sistema é o reconhecimento de voz. Permite aos usuários online praticar e ajustar suas habilidades de pronunciação com feedback em tempo real. Posuui também aplicativo para iPhone. Ótima opção para aqueles que querem se aventurar no aprendizado de uma língua estrangeira online.

Enhanced by Zemanta

Cinch – podcasts a partir do celular

Cinch

Cinch é um aplicativo para iPhone e celulares usando Android que permite a gravação e distriuição de podcasts a partir do telefone móvel. Para utilizar o Cinch, basta iniciar o aplicativo, clicar record, falar ao telefone e parar. Damos um título à gravação, escolhemos a rede social que queremos divulgá-lo, tipo Twitter ou Facebook, e publicamos. Em poucos minutos a gravação é carregado nos servidores do Cinch e um link para ouvir é postado nas redes sociais designadas. Uma ferramenta que vem se desenvolvendo com rapidez e pode ser muito bem aplicada na para a comunicação de professores, pais e alunos.

Enhanced by Zemanta

Flowr – trabalho em rede e colaborativo

Flowr

Flowr é uma plataforma de microblogging para se trabalhar colaborativamente em redes, mas que incorpora características que visam especificamente as organizações. A tela inicial assemelh-se à do Twitter. Mas, além de atualizações de status, os usuários podem criar diversos outros tipos de mensagens, incluindo idéias, dúvidas, eventos, itens a fazer lista, e as sondagens. Flowr também permite postagem de documentos de maiores (completo com links e imagens) que podem ser editadas, estilo wiki, por quem for autorizado. Os usuários podem também criar e participar de grupos relacionados a temas específicos. Grupos de discussão podem ser públicos ou privados. Flowr tem várias ferramentas que permitem a integrarção com o trabalho, incluindo um aplicativo para iPhone, um bookmarklet para guardar e compartilhar conteúdo web, e um sistema de postagem via e-mail.

Reblog this post [with Zemanta]

MacBooks com projetor incorporado

MacBook com projetor pico

PatentlyApple revela-nos que os futuros MacBooks terão um projetor pico incorporado. Outros produtos como mediaplayers e o AirPort Extreme, aquele totalmente sem fios, também estão nos planos da Apple. Alguns vêem o fato como uma evolução natural da Apple TV que intenciona incorparar todos as funcionalidades, tanto de jogos como de trabalho, em um único dispositivo. A patente confirma também os rumores de que HDMI baseados em projetores pico estariam nos planos dos futuros Macs.

Reblog this post [with Zemanta]

TheyMakeApps – aluga-se desenvolvedores

TheyMakeApps

TheyMakeApps.com é um site que funciona como um classificado de desenvolvedores e empresas especializadas em aplicativos para dispositivos móveis. Atualmente já existem mais de 140 mil aplicativos só para o iPhone, o que torna a garimpagem por um bom desenvolverdor bastante complicada. No TheyMakeApps esse pessoal é selecionado e categorizado criteriosamente conforme trabalhos anteriores. No site você pode navegar pelos programas já criados, ver o perfil da empresa, o país de origem e qual a faixa de preço cobrada. Qualquer desenvolvedor pode fazer parte da lista gratuitamente, ou entrar para o clube sponsor (com mais destaque) pagando uma mensalidade. Foi vencedor da categoria Business do SXSW 2010.

Reblog this post [with Zemanta]

Stickybits – agora objetos também são sociais

Stickybits

Stickybits é uma start-up lançada na SXSWi que adiciona uma camada social nos códigos de barras, permitindo que seja anexados conteúdos digitais que depois poderão ser rastreados. Funciona assim: utilizando o aplicativo Stickybits para iPhone ou Android o usuário pode digitalizar códigos de barra, anexar informações como fotos, músicas, vídeos, zips ou PDFs e recebe notificações sempre que alguém verifica o mesmo objeto. Também são disponibilizados códigos de barra únicos da própria Stickybits que, quando ligado a um cartão postal, por exemplo, confere uma memória digital àquele objeto. Os códigos podem ser usados em tudo, desde comentários de produtos até a inclusão de uma cópia digital de seu currículo no seu cartão de visitas.

Reblog this post [with Zemanta]

iGroups – a rede social da Apple baseada na localização

iGroups

iGroups é um aplicativo de mídia social que está sendo desenvolvido pela Apple, de acordo com o Patently Apple, site que faz o acompanhamento das patentes da Apple. O aplicativo para iPhone faz uso da localização, ou proximidade, permitindo que pessoas compartilhem dados atarvés de um serviço como o MobileMe. Uma vez que os membros do grupo são identificados e relacionados acima, eles podem compartilhar informações de forma segura e usuários com dispositivos desprovidos de GPS poderão, através de triangulações com aparelhos que utilizem GPS, disponibilizar seu posicionamento no grupo. Os dados criptografados garantiriam a segurança da rede. Isso permitirá que indivíduos em alguma reunião ou evento, formem grupos onde possam trocar informações rápidas e armazená-las.

Reblog this post [with Zemanta]

Foursquare – a rede social do momento

Foursquare

Foursquare é uma ferramenta para dispositivos móveis que mistura rede social com desafios e pontuações. O objetivo é conhecer e recomendar bons lugares nas cidades que visita, além, é claro, da possibilidade de saber onde seus amigos estão e encontrá-los. As cidades, os locais e as pessoas, conforme forem aparecendo, ganham pontos. Na descrição do NY Times, o Foursquare transforma “a sua vida noturna em um jogo”, e coloca as pessoas em encontros cara a cara. Resumindo, não serve para anti-sociais. Possui aplicativos próprios para iPhone, Android, Blackberry e Palm e também funciona nos navegadores web de outros celulares. Lançado em março do ano passado, o Foursquare vem tendo um crescimento vertiginoso. Esse fato vem atraindo grandes empresas a patrocinar o site. A Pepsi, por exemplo, está patrocinando o ranking de Nova York no Foursquare, e vai doar U$ 0.04 para cada ponto ganho pelos usuários para a ONG CampInteractive. A Intel e a Metro News também desenvolveram ações de marketing junto ao Foursquare. A HBO criou dicas e badges para a sua série “How to Make it in America”, assim como a Warner Bros. para o filme “Valentine’s Day”. Foursquare é uma plataforma jovem e, ao contrário da fase experimental da maioria das startups, está conseguindo atrair os dólares de companhias dispostas a investir na brincadeira.

Reblog this post [with Zemanta]

Project Gutenberg – mudando a maneira de lermos

Project Gutenberg

O Project Gutenberg é a mais antiga biblioteca digital do mundo. Foram os criadores dos primeiros ebooks e os oferecem gratuitamente. Pode-se ler virtualmente mais de 30 mil títulos em domínio público PC, iPhone, Kindle, Sony Reader ou qualquer outro dispositivo portátil. Ao contrário do que poderíamos imaginar, existem muitos títulos na língua portuguesa, aliás, uma das primeiras traduções do site. Os milhares de ebooks disponibilizados são produzidos por voluntários de todo o mundo. Graças ao pioneirismo dos fundadores do Projeto Gutenberg, podemos atualmente desfrutar das facilidades que os ebooks nos fornecem.

Reblog this post [with Zemanta]

iPad – mudando a maneira de desenhar websites

iPad

O iPad vem recebendo inúmeras críticas. Enquanto geeks o olham com certo desprezo por ser apenas o que se esperava, o mercado editorial o tem visto como a verdadeira salvação. O fato é que, mais cedo ou mais tarde, teremos que fazer webdesign considerando esse tipo de dispositivo móvel. Para tanto temos que nos ater a alguns pontos fundamentais. O primeiro deles é o fato de podermos visualizar a tela tanto no formato retrato quanto paisagem, ou seja, teremos obrigatoriamente que usar um design fluido inteligente na largura ou, Smart Fluid Width Design. Uma combinação de CSS e Javascript pode melhorar em muito a experiência do usuário. Em alguns casos essa pode não ser a melhor solução e tenhamos que partir para a utilização de vários estilos de CSS para diferentes configurações e dispositivos ou, o chamado adaptive CSS. Em outra situação, poderemos partir para um conteúdo que se adapta à resolução da tela. Uma coisa, entretanto, nos parece certa. O website não precisa aparecer da mesma maneira em todas as plataformas. Para alguns, a solução vertical será mais indicada enquanto, para outros, em que se deseje uma melhor visualização horizontal, usar o tablet em landscape vai ser mais agradável. A mesma solução de não dobrar (no fold) utilizada no iPhone, deverá ser transferida para os novos dispositivos. Não podemos também esquecer que o principal método de interação do usuário serão seus dedos. Logo os links terão que ser repensados e redimensionados. Os atuais efeitos de mouse over desenhados para dispositivos de apontar ou mesmo, links em textos, acabarão se tornando obstáculos para a experiência do usuário. Outro paradigma, é a não utilização do Flash mas, com a Google adotando abertamente o HTML5 para o Youtube , nos parece claro o caminho a ser trilhado. Designers precisam entender essa mudança e dedicar esforços no aprendizado do HTML5 porque, parece que a coisa vai rolar por aí. Aspectos de tipografia e webkit também precisam ser avaliados e testados.

Recursos Relacionados

Reblog this post [with Zemanta]

Google buzz – mais que simples mensagens de status

Colaboração de Marcio Sartor

Google buzz

Google buzz é o mais novo serviço lançado pela Google que faz a integração de redes sociais em uma área especial dentro do Gmail. Vai funcionar também em celulares como o iPhone e Andróide. O Buzz aparece como uma nova pasta dentro do Gmail, abaixo da Caixa de Entrada. De cara já aparecem seguidores automáticos com os conteúdos das pessoas com as quais tem-se maior contato via e-mail. Pode-se rapidamente compartilhar fotos, vídeos, links, páginas do Flickr e do Picasa e até mesmo Twitter . O usuário pode dividir conteúdo público do privado e receber notificações de comentários e novos posts na caixa de entrada. O serviço será liberado aos poucos aos usuários de Gmail de todo o mundo.

Reblog this post [with Zemanta]

Brightkite – a rede geosocial

Colaboração de Luca Rischbieter

Brightkite

Brighkite é uma rede social que conecta o conteúdo do que foi postado com a posição geográfica. Uma mistura de Twitter com Google Maps. Ao invés de ver apenas o que as pessoas estão fazendo, pode-se filtrar por país, cidade ou até o bairro e saber o que está acontecendo em sua volta conforme sua localização. Com ótimos recursos de privacidade e localização de amigos, o usuário tem controle total sobre como seus conteúdos serão compartilhados. Funciona com dispositivos móveis como iPhone, Andróide, Blackberry e outros. Claro que, com GPS, a experiência do usuário é bem melhor. É também integrado a outras redes sociais como Twitter e Facebook e, o envio de posts pode também ser feito por SMS, Wap, mensagem de texto e email. Saiba mais sobre o Brighkite. Atualmente conta com mais 5 milhões de usuários cadastrados.

Reblog this post [with Zemanta]

StudyBlue – a rede acadêmica que facilita o estudo

StudyBlue

StudyBlue é uma rede online que congrega alunos e estudantes do ensino médio através de ferramentas acadêmicas e de comunicação, tornando o estudo mais eficiente e organizado. A algum tempo atrás, a rede chamava-se The Class Connection. Agora, com recursos otimizados, a rede tem suporte até para dispositivos móveis. Os estudantes podem tomar notas, subir arquivos, gravar notas em webcams e áudio, compartilhar notas, flashcards, receber lembretes no iPhone, fazer resumo de textos e muito mais.

Reblog this post [with Zemanta]
PHP Warning: Missing argument 2 for wp_widget() in \\fs-educ\site\corporativo\conexaote.portaluniversitario.com.br\web\wp-includes\widgets.php on line 76